quarta-feira, janeiro 20, 2010

Segundo dia do Festival de Esquetes!

Ontem, o público conferiu as montagens: “Philip Glass compra pão”, do Grupo Nós em meio ao caos, de Rio das Ostras (livre) e “A menina escondida no baú”, do Grupo Risco Teatral, Cabo Frio (12 anos). Esta é a história de Florência e Laurência, duas irmãs que vivem na tênue linha entre o amor e o ódio. Laurência, mais nova, nutre uma admiração pela irmã, sempre buscando sua atenção, enquanto Florência sempre tenta impor sua autoridade de irmã mais velha. Numa história com altos e baixos na relação das irmãs, o esquete fala de inveja e arrependimento com um final surpreendente. “Solo”, da Cia. Ki Faz Teatro, de Macaé, é outra proposta de encenação apresentada ao público. Um mês depois de ser abandonado pela mulher, Eduardo ainda sofre com o término da relação. Perturbado por sons de violinos, ele agora segue num solo o que antes era melodia tocada por um dueto. Uma batalha entre a consciência e a carne. Razão e Coração. Você ama sozinho?

Logo após, encerrando a programação da noite, o público confere “Dê lembranças ao Toth”, da Cia. Delírio de Bolso, do Rio de Janeiro (16 anos), que fala sobre um casal que se separou em condições subumanas de convivência, o que pode ser feito além de ouvir e tentar escolher a certeza das historias é tentar entender os motivos não aparentes de cada um.



Texto: Carla Cardoso

Fotos: Luan Abreu

2 comentários:

Anônimo disse...

Nossa! Adorei o Festivaal! as Fotos estão Maravilhosas!!

Ana disse...

Realmente O Festival de Esquetes está bombando esse ano!